Ir. Rai e sua mensagem de Natal

Caros irmãos e irmãs, nos é chegado UM TEMPO DE GRAÇA no qual nossa rotina se transforma em FESTA e noss`alma se contagia di esperança. Humildemente compartilho com vocês uma reflexão natalícia brotada do coração. Contemplemos esta festa não com a lógica capitalista do mercado, mas com a lógica da FÉ, única porta que nos leva verdadeiramente ao MISTERIO DO NATAL DIVINO.

Na plenitude dos tempos, Deus nos enviou o seu Filho muito amado, nascido di uma Mulher (Cf. Gal 4,4). Deus que já nos havia falado de tantas formas por meio dos patriarcas e profetas, nos fala agora por meio da sua Palavra viva, que é JESUS CRISTO, feito carne humana. Ele é a Palavra única, perfeita e definitiva do Pai, que tudo quanto havia de nos comunicar, há feito por meio de Cristo (Cf. CIC 65). Nele encontramos o ápice da revelação divina, no qual Deus comunica à humanidade verdades perenes que revolucionam a história da humanidade toda.

“Ele tinha a condição divina, mas não se apegou a sua igualdade com Deus. Pelo contrário, ESVAZIOU-SE a si mesmo, tornando-se semelhante a nós”(Fil 2,7). Que estupenda prova de amor!!! Este Amor habita em nós à medida que nos deixamos modelar por ele na escuta da Palavra, nos Sacramentos da igreja e no SERVIÇO que promove todas as formas de vida do planeta.

Por meio da Revelação divina nos tornamos filhas e filhos de Deus e, conforme sua vontade, herdeiros da promessa (Cf. Ef 1,5). Através do Verbo feito Carne, nos tornamos participantes da natureza divina (Cf. DV 2). Ele próprio veio resignificar nossa condição humana e nos convidar a entrar em plena comunhão consigo. Que consolação maravilhosa nos sentir prediletos de Deus Trindade!

Amados e amadas, “quando penso no Natal, para a BONDADE a minh`alma se volta”. Envolvidos com as palavras do poeta Manuel Bandeira, transformemos nossos corações em PRESÉPIO VIVO, capaz de estender a todos o amor que de graça recebemos. Diante de JESUS MENINO,  “os ombros que suportam o mundo”, apresentemos todas as nossas inquietações,  projetos frustrados, conquistas e alegrias que esperenciamos neste ano. Reavivemos o dom da sua graça que está em nós (Cf. 2Tim1,6), a fim de progredirmos cada vez mais em seu amor.

Com gratidão pela amizade compartilhada,
Ir. Raimunda Alves.
Roma, dezembro de 2009.

Uma resposta to “Ir. Rai e sua mensagem de Natal”

  1. Dra. Ercilene Albarado Bezerra Says:

    Prezado Padre Auricelio queria ter noticia da Irmã Raimunda que ficava no convento de Giolianova. Me falaram que ela não está mais na congregação.
    Se tiver noticia dela me avise. Eu cheguei a pensar que era ela.
    Seu trabalho tá lindo.
    Benções cairam constate neste lindo trabalho.
    Dra. Ercilene Albarado – Fisioterapeuta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: