Testemunho de uma mãe

Uma experiência de quem viveu a 15ª Caminhada de Fé com Maria.

Quando foi 1:45hs da manhã, a Berlinda da santa passou aqui na frente de casa, no Chalé das Castanheiras. Muito linda a Berlinda e  bem iluminada. Esta caminhada foi uma coisa muito bonita e muito bem feita. Todos iam caminhando de um lado da rodovia e os carros passsando do outro lado. Dois trios-elétricos clareando a santa de longe na frente e atrás da Berlinda e um carro jogava luzes na Santa.  E neste ano o povo ia assim junto e não espalhado como no ano passado. Muito bonito mesmo.

Vi muito gente caminhando e os que pegaram o café que servimos aqui no Chalé gostaram muito, de mais mesmo. O meu sobrinho José Lucivaldo da Anália, minha irmã que estar no céu, distribuindo pão junto com todos de minha família na maior animação com o show dos meninos da Nova República. Foram mais ou menos 4.000 mil pães que chegaram em três carros. Os meninos todos com luva entregavam os pães aos peregrinos. Tudo muito organizado, muito bonito mesmo. O pessoal que trabalha com o meu neto Gleydson e a sua patroa dona Socorro doaram os pães e deram uma boa ajuda na distribuição. Dona Maria Reis era a feitora do café. Foi uma coisa assim muito bonita que só vendo.

No momento em que a Berlinda chegava aqui o coordenador da caminhada Jorge Eymar me abraçou muito agradecendo pelo meu filho ter criado esta caminhando. Ele estava muito emocionado e aí foi que eu chorei ainda muito mais pensando no meu filho Auricélio que está longe.

Graças a Deus! Obrigado pela santa caminhada inventada por este santo filho Auricélio. O nome dele era lembrando por todos. A faixa que dizia que pe. Auricélio enviava bençãos de Roma aos devotos e o altar montado no Chalé era fotografado e filmado por muita gente que passava.

Ouvi falar que o bispo ia caminhando mas não vi. O bispo Dom Esmeraldo gosta muito desta caminhada ele falou muito dela no Rádio, inclusive ele reuniu os jovens preparando para esta caminhada e ensinando a eles a evangelizarem outros jovens com um librinho que cada um recebeu.

Maria Paulino, 78 anos. Mãe de Pe. Auricélio Paulino.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: