Tráfico usa igreja em conflitos no Rio

Mostra immagine a dimensione interaO Santuário de Nossa Senhora da Penha, destino de romeiros de todo o país e um dos cartões-postais do Rio, foi usado por traficantes para monitorar a movimentação dos policiais durante os conflitos da semana passada em favelas vizinhas, que deixaram um morador morto e cinco feridos.

A invasão foi confirmada ontem pelo arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, que participou de procissão e rezou missa campal pelo 374º aniversário do santuário. Na cerimônia, ele pediu paz para a cidade.

Segundo o arcebispo, as incursões de traficantes nas torres da igreja são frequentes e fazem “parte da guerra urbana” no Rio. “A igreja não está isenta disso.” Ele disse não saber se os bandidos estavam armados quando entraram na igreja e lembrou que as casas de moradores também são invadidas. Afirmou que as autoridades têm conhecimento do fato.

Fonte: FolhaOnLine

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: