Hoje 19 de outubro: Segunda-feira

É o 291º dia do ano. Faltam 79 dias para o término de 2009

ACONTECEU HOJE NA HISTÓRIA

1901 – Em Paris o aviador Alberto Santos Dumont testa o primeiro dirigível, contornando a Torre Eiffel. 1979 – Assinado um acordo tripartite entre Brasil, Paraguai e Argentina, um marco na construção da usina hidroelétrica de Itaipu. 

 EVANGELHO DO DIA: Lc 12,13-21 – Dar e partilhar e, não, acumular

Jesus rejeita intervir em uma disputa de herança, indo ao essencial da questão. O problema é a acumulação da riqueza que gerou a herança, fruto da ganância e da injustiça. Entre os “Padres da Igreja” (teólogos dos oito primeiros séculos) encontramos inúmeras denúncias contra a ambição da riqueza.

São João Crisóstomo afirma que “não é possível enriquecer-se sem cometer mil iniqüidades”, e se alguém argumenta que se trata de uma herança, “o princípio e a raiz dela procedem forçosamente da iniqüidade”, pois foi acumulada por aqueles que “se apoderaram e se beneficiaram do alheio”.

A parábola de Jesus, de fácil compreensão, revela a insanidade do desejo de acumulação de riquezas.

SANTO DO DIA: São Paulo da Cruz

Mostra immagine a dimensione interaFundador dos passionistas. Nasceu em Ovada, Gênova, em 1604. Cresceu em um lar muito cristão. Sempre que Paulo começava a chorar por qualquer motivo, sua mãe lhe mostrava o crucifixo e lhe falava dos sofrimentos de Cristo. Assim, foi formando desde menino, a grande devoção à Paixão, que tinha que lhe distinguir toda a vida. Levou uma vida de oração constante alcançando assim um alto grau de contemplação.

Em 1720, teve três extraordinárias visões. Na terceira delas, a Santíssima Virgem, vestida com o hábito negro, ordenou-lhe que fundasse uma congregação cujos membros vestissem esse hábito e sofressem pela paixão e morte de Cristo.

Em 1741, Beneditino aprovou as regras da congregação e as vocações para ela aumentaram. São Paulo alcançou fama por toda a Itália por causa de sua obra missionária e pela austeridade de sua vida. O tema constante de seu pregação era a Paixão de Cristo; com uma cruz na mão e os braços estendidos, o santo falava dos sofrimentos do Senhor, em forma que comovia até ao mais duro. Em 1769, Clemente XIV, aprovou definitivamente a congregação. Em 1771, inaugurou-se no Corneto o primeiro convento de religiosas passionistas. São Paulo não pôde ver suas filhas espirituais vestindo o hábito, devido a sua má saúde. Sua morte ocorreu em 18 de outubro de 1775.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: