O mito das Olimpíadas no Rio

Refelxão do Dia

Na reflexão de hoje trazemos um artigo escrito por RUI RAIOL* sobre a escolha do Rio 2016.

O Brasil é um país interessante. Com uma dívida social astronômica, luta bravamente para sediar importantes torneios esportivos. Primeiro, a Copa. Agora, as Olimpíadas. Juntos, vão concentrar uma década de trabalho e vultosos recursos públicos. A justificativa? Uma só: eventos internacionais desse porte são capazes de alavancar o país. Haverão de gerar milhares de empregos e acelerar o processo de urbanização. Obras que não cabem nos recortados orçamentos dos estados poderão nascer pelo milagre do esporte.

À primeira vista, um argumento imbatível. Na verdade, um edifício de ideias alicerçado na areia. Comecemos pelas proclamadas obras: elas não são planejadas para os habitantes das cidades que sediarão os jogos. Estádios, linhas de metrôs e complexos habitacionais visam atender apenas ao evento. São edificados para conforto da população flutuante que dividirá o território das cidades com sua população real durante os jogos. Findo estes, poderão ficar subutilizados, luxo que um país em débito com seu povo não deveria assumir.

Se você quiser um bom exemplo dessa contradição, veja o lugar que as favelas tiveram na propaganda oficial do Rio e nas melhorias anunciadas. Mesmo tendo parte significativa de sua população sobrevivendo nas escarpas da Serra do Mar, esse povo não será beneficiado diretamente pelo evento de 2016. Embora as ruelas dos morros façam festa com a escolha oficial, não é para elas que é destinado o progresso esportivo. A esse povo, cabe o grito, o ingresso caro, a bebida superfaturada à porta dos estádios. Cabe a festa. Nada mais. As favelas, omitidas no documentário oficial mostrado ao Comitê Olímpico Internacional, permanecerão anônimas ao progresso que emocionou tanto o presidente Lula.

*Rui Raiol é pastor e escritor.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: