Projeto Rádio pela Educação é finalista de Prêmio do Banco do Brasil

Santarém: O Projeto Rádio pela Educação da Diocese de Santarém, entenda-se, Rádio Rural de Santarém, está entre as 24 tecnologias sociais escolhidas para a etapa final do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2009.

Coordenação Projeto Rádio pela Educação

A escolha das finalistas foi feita pela Comissão de Seleção do Prêmio que usou como critérios: mérito, efetividade e resultado alcançado. O Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social está em sua 5ª edição é realizado a cada dois anos, pela Fundação Banco do Brasil, com apoio da Petrobras, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e a KPMG Auditores Independentes.

Este projeto está tecendo uma excelente contribuição com a qualidade da educação no ensino fundamental nos municípios de Santarém e Belterra garantindo a participação dos alunos como sujeitos ativos nos programas de rádio.

              Leia na íntegra a reportagem de Socorro Carvalho.

O Projeto Rádio pela Educação da Diocese de Santarém  está entre as 24 tecnologias sociais  escolhidas para a etapa final  do  Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2009. 

A escolha das finalistas foi feita pela Comissão de Seleção do Prêmio que usou como critérios: mérito, efetividade e resultado alcançado.  

O Prêmio  Fundação Banco do  Brasil de Tecnologia Social está em sua 5ª edição é  realizado  a cada dois anos, pela Fundação Banco do Brasil, com apoio da Petrobras,  Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e a KPMG Auditores Independentes. 

Nesta 5ª edição a novidade é o lançamento das categorias ‘Participação das mulheres na gestão de tecnologias sociais’ e ‘Direitos da criança e do adolescente e protagonismo juvenil’. 

O  objetivo do premio é identificar, certificar, premiar e difundir produtos, técnicas ou metodologias que se enquadrem no conceito de ‘tecnologia social’ . Para isso, deve apresentar  uma proposta inovadora de desenvolvimento, que considera participação da comunidade no processo. 

As tecnologias podem aliar saber popular, organização social e conhecimento técnico-científico. O importante é que sejam efetivas, reaplicáveis e que propiciem desenvolvimento social em escala. 

O Projeto Rádio pela Educação  foi selecionado na categoria: Direitos Da Criança e do  Adolescente e Protagonismo Juvenil .

No dia  24 de novembro, em Brasília,  é o resultado final do Prêmio quando vão ser  conhecidas  as  08 vencedoras.  Além da premiação, todas as 24 tecnologias  sociais selecionadas recebem o troféu de ‘Finalista do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social –  edição 2009’.

Socorro Carvalho, produtora do programa “Para ouvir e aprender”.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: